quinta-feira, 8 de março de 2012

Adolescentes

Comecei a ler hoje, e tenho certeza de que gostarei muito, só pelo começo, com as palavras de Viviane Senna:

Para muitos pais, ter um adolescente em casa é sinal de encrenca à vista. No entanto, os que souberem relacionar-se com seu filho de um jeito novo, entendendo suas necessidades e reconhecendo o potencial que trazem consigo, descobrirão que têm em seus lares um ser humano ímpar, fonte de iniciativas, repleto de uma energia transformadora, capaz de encontrar soluções criativas para situações de impasse.
Acredito e muito nesta citação, e da necessidade de realizar um trabalho não só com os adolescentes, mas com a família deste. Passar pela adolescência, como muitos de nós já passamos, é uma época por si só muito complicada.

É a saída de um "caos", e começamos a agregar os valores que selecionamos ser "o melhor para nós", "a nossa cara"... Não saímos dessa fase sabendo com todas as letras "quem somos", mas já sabemos o que não somos, o que não gostamos.

Tudo isso vai sendo construído, e é com a ajuda da família, amigos, escola e comunidade em geral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário