quarta-feira, 31 de março de 2010

Deleitando-me nas poesias

Quando conversava com um amigo, tempos atrás, descobri que, na verdade, estava conversando com um poeta. Em seus escritos pude ler de forma simples e prazerosa descrições de sentimentos, pensamentos [de amor, de histórias, de momentos engraçados, etc].

Li e recomendo!

http://recantodasletras.uol.com.br/autor.php?id=4395



Liberto

                                 "Liberdade, essa palavra
                                 Que o sonho humano alimenta
                                 Que não há ninguém que explique
                                 E ninguém que não entenda"

                                 Cecília Meireles



Sou livre dentro de mim
Meu universo interior
Pertence apenas a mim
Mas posso, se quiser, dividir

Sou livre porque assim escolhi
Livre para pensar, chorar ou sorrir
Livre para amar, fazer, omitir
Mas devo, necessariamente, meus atos assumir

Jamais me apontes o caminho
Porque o teu caminho não posso seguir
O meu caminho pode até ser igual ao teu
Mas preciso por mim mesmo descobrir

Entendas que só posso ser eu
Quando estou inteiro dentro de mim
Lembra-te que você se apaixonou
Por alguém que era... sem ti

Se sigo as regras do meio ambiente
É para que este não possa me coibir
De ser livre para ser quem eu sou
Apaixonado pela vida, por mim e por ti
cacaubahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário