sexta-feira, 3 de julho de 2009

Situação engraçada


Apesar de ser triste, um velório tem suas nuances engraçadas.

Uma delas é quando você vai num velório de japoneses.

Se você é um japonês e está no velório (e não é parente do falecido/a): as pessoas que não conhecem muito bem a família do/a falecido/a chegam e te cumprimentam, dando os pêsames.

Se você, independente de ser japonês ou não, vai num velório de um/a japonês/a, em que você não conhece a família toda: dá as condolências a quem você conhece, que é realmente parente, sem dúvida alguma, e pergunta quem são os outros parentes; ou, além de cumprimentar seu conhecido, diz "meus sentimentos" a quem estiver próximo, principalmente se tiver cara de japonês.

Pois é, eu sou descendente e já passei pelas duas situações. Se a situação não fosse dramática, eu pensei, poderiam fazer um crachá com o nome e o grau de parentesco, né! Ajudaria bastante!

(ah, esta foto eu peguei de um site! Não é de parente não!)

Um comentário: